terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Decepções e afins

Sabe aqueles dias que a gente acorda cansada de andar contra maré?
Pois é, hoje é um dia desses.
Cansei.
Cansei de conversar, brigar, explicar e tentar resolver problemas sem solução.
Tempo, só o tempo poderá, como um perfeito aliado, reorganizar as placas tectônicas que quando se mexem geram tanto estrago.
Cansei de me dedicar de corpo e alma a coisas e pessoas. Quero alguém que se dedique a mim, ao menos 1 dia.
Preciso me adaptar. Eu sei é chato, feio e sem graça se acomodar, mas a vida é bem menos doída pra quem rapidamente se acomoda. Eu queria ter esse espírito acomodado, preciso em alguns momentos dominar minha alma, amar menos, me dedicar menos, me cansar menos, me importar menos...
A decepção vem por minha culpa, minha máxima culpa; espero dos outros o que faço, e o mundo não é igual, sorte que assim seja ou seria uma monotonia...
Viver, viver minha vida, com pessoas queridas e amadas ao meu lado, que estejam ao meu lado porque querem estar, não porque arrastei-as até lá.
Andar, descansar, comer, dormir para meu bel prazer. Ler um livro, plantar uma árvore, viajar...


Post total melancólico, mas amanhã vai ser outro dia.
Beijocas

Um comentário:

  1. Ti, às vezes precisamos de situações chatas pra dar aquela sacudida pra gente acordar pra coisas que não estão legais.
    Tudo vai se ajeitar.
    Bjos!

    ResponderExcluir